Pesquisa recolhe sugestões para melhorias no trânsito


A pesquisa online traz cinco questões essenciais para ajudar a traçar o diagnóstico do trânsito aqui do Estado.
A pesquisa online traz cinco questões essenciais para ajudar a traçar o diagnóstico do trânsito aqui do Estado. - Foto: Arte DetranRS
Download HD
Mais de três mil pessoas já participaram da pesquisa que está recolhendo sugestões dos gaúchos para melhorar trânsito no Estado. A consulta digital faz parte do processo de envolvimento da sociedade previsto pela Lei Federal 13.614/18, que instituiu o Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito - Pnatrans.

Além de recolher as demandas pelo hotsite, CetranRS (Conselho Estadual de Trânsito) e DetranRS vão promover, até julho, uma série de audiências públicas em seis regiões do Rio Grande do Sul. A primeira acontece na próxima quinta-feira (26) em Santo Ângelo.

A pesquisa online traz cinco questões essenciais para ajudar a traçar o diagnóstico do trânsito aqui do Estado. Também pede que o respondente priorize as questões que considera mais importantes e oferece espaço para sugestões. O hotsite também irá trazer detalhes sobre o andamento das audiências e os resultados gerais da pesquisa, previstos para o início do mês de agosto.

Para participar, acesse https://sites.google.com/view/pnatrans/



Pnatrans

O objetivo da lei que estabelece o Pnatrans é reduzir pelo menos à metade, em dez anos, o índice de mortes no trânsito em relação a 2018. A lei determina que os Estados deverão ouvir a sociedade sobre os principais problemas enfrentados em suas localidades e recolher sugestões. Essas sugestões serão compiladas em um documento, que deverá ser encaminhado ao Conselho Nacional de Trânsito (Contran) até 1º de agosto.

O Contran então fixará as metas anuais para cada Estado, considerando as propostas dos Cetrans. As metas fixadas serão divulgadas em setembro, durante a Semana Nacional de Trânsito.

Nos próximos dez anos, a Semana Nacional de Trânsito será de balanços, quando serão divulgados os relatórios analíticos a respeito do cumprimento das metas fixadas para o ano anterior e de exposição de ações, projetos ou programas, com os respectivos orçamentos, por meio dos quais se pretende cumprir as metas propostas para o ano seguinte.